This website requires JavaScript.

Nøgne Ø

História de Nøgne Ø

A Nøgne Ø foi fundada em 2002 por Gunnar Wiig e Kjetil Jikiun, dois cervejeiros noruegueses com experiência como homebrewers. Na altura, Kjetil trabalhava como piloto da SAS, pelo que, na década de 1990, já tinha entrado em contacto com as cervejas artesanais da cena americana. O nome da fábrica de cerveja, Nøgne Ø, vem do primeiro verso de um dos poemas de Henrik Ibsen, Terje Vigen [på den yderste nøgne ø...], e é traduzido como ilha nua. O início da produção de Nøgne Ø foi difícil, uma vez que, no início dos anos 2000, a cerveja artesanal não suscitou grande interesse no mercado norueguês. Mas graças ao seu estatuto de piloto, Kjetil conseguiu passar amostras das suas primeiras cervejas para os EUA, deixando-as em lugares da moda para os fãs de cerveja artesanal. Em pouco tempo, a qualidade das suas cervejas atraiu a atenção dos importadores americanos, que conseguiram ser distribuídos nos EUA. Esta expansão nos EUA e mais tarde no resto do mundo foi fundamental para a sobrevivência e mais tarde para a expansão da Nøgne Ø. Anos mais tarde, depois de se tornar a maior cervejaria artesanal da Noruega, a Hansa Brewing adquiriu uma participação maioritária na Nøgne Ø, provocando a partida do seu fundador Kjetil Jikiun depois de expressar a sua insatisfação com a partida da empresa num manifesto. Kjetil também deixou a Noruega, mudando-se para a Grécia, onde começou uma nova cervejaria chamada Solo Beer.

Prêmios

- Ratebeer Top 100: 2006 - 2014, 2016 - 2018


Artigo Relacionado