This website requires JavaScript.
Suecia Bandeira

Cervejas de Suecia

História da cerveja en Suecia

Tal como Noruega, a Suécia tem uma grande tradição cervejeira intimamente ligada ao fabrico familiar de cerveja em explorações agrícolas. Na Idade Média, a cerveja e o hidromel eram as bebidas mais comuns na Escandinávia. Até a chegada da industrialização no século XIX, as cervejarias eram um negócio eminentemente familiar, e a cerveja produzida era de baixo teor alcoólico, sendo a mais forte reservada para festas e celebrações. Com a chegada das lagers comerciais, um grande número de cervejarias apareceu em todo o país, com cada cidade de médio porte tendo sua própria cervejaria. Só em meados do século XX é que o mercado se concentraria em poucas marcas. Isto, combinado com as regras rigorosas para a venda de álcool na Suécia—cada bebida com mais de 3,5% só pode ser vendida através do monopólio estatal Systembolaget— tornou a cena da cerveja sueca bastante monótona até que, no início de 2010, a revolução da cerveja artesanal que já se tinha iniciado em outros países escandinavos - como a Noruega ou [Dinamarca] (/pt/countries/denmark/)-final chegou à Suécia. Os pioneiros foram a mundialmente conhecida Omnipollo, e mais tarde surgiram algumas das melhores novas cervejarias dos últimos 5 anos, como Brewski, Beerbliotek ou Brekeriet.

Cervejeiros de Suecia

Artigo Relacionado